terça-feira, 14 de outubro de 2014

Sabor de romã

Sabor de romã
 

Compensa as horas perdidas nos meus braços.
Descansa teu ser nas sombras do meu éden,
E sobre o tecido, macio, dos véus do meu regaço,
Energiza-te na infrutescência da flor cheia de pólen.
 

Oh vem banhar-te nas águas dos rios do meu amor,
Onde os sons de Gaia serão esquecidos entre nós,
Na simbiose das almas que se fundem no dulçor,
Desta alquimia que pulsa e que escorre de nossa foz.
 

Todo este sonho lúdico sonhado em minha aurora,
Tem a textura da seda e o sabor suave de maçã.
A força dos ventos velozes que assanham a flora,
E o veludo vermelho das doces e saborosas romãs.
 

Sobre o fio do punhal que o tempo sibila,
Bebe este vinho que oferto em cálice de ouro,
Poliniza meu ser no teu ser, saboreia e destila,
Meu coração, minha alma, em tempo vindouro.
 

Edith Lobato – 29/09/14

18 comentários:

  1. Admiro muito a maneira como tu escreves! Na técnica, no vocabulário e nas ideias! É um sentir alto ;))

    Beijoo'os
    flores-na-cabeca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Simone, muito lisonjeada com teu comentário. Bjs

      Excluir
  2. Tua inspiração sempre linda! Parabéns! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. A romã por si só já é uma delícia para o olhar e seus versos trazem o sabor da poesia .Aos poetas , apluasos!
    Gosto muito!
    abraços e boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lis, obrigada pela leitura e comentário. Adorei tua visita.

      Excluir
  4. Que amor de poema, Edith!
    Realmente, há muito tempo eu não lia algo tão à flor da pele.

    Vou fazer teu link agora mesmo, não posso perder-te! [risos]
    Abraços poéticos, amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vanuza. És um amor e espero ter tua amizade. Bjs

      Excluir
  5. Esse é o verdadeiro sabor de romã do amor.
    Lindo Edith.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Já tens minha amizade, Edith. Eu só não consegui te linkar ontem (meu filho faz essas coisas por mim, rsrs). O Blogger aparecia sinalizando que era impossível e isso me deixou aborrecida. Mas vou tentar hoje e sempre.
    Você é professora (li o seu perfil) e já construiu uma bela carreira literária, mas acredito que acima de todas essas qualidades, tens a sensibilidade poética. Parabéns!
    E olha, eu adoro romã, adoro tudo no pé de romã, suas folhinhas e aquele fruto vermelho, extraordinário.
    Obrigada por tua ternura lá no nosso matagal e que teu dia seja de paz e criatividade!Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Vanuza. teu comentário me emocionou. Sim eu sou professora e amo escrever. Recebo tua amizade com todo carinho. Lindo dia. Bjs

      Excluir
  7. Lindo demais!
    Amo poesia e romã, os dois juntos ficou de uma perfeição incrível, amei, um abraço e fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Maria Tereza. muito obrigada pela tua visita e tua leitura querida. Feliz sexta feira. Bjs

      Excluir
  8. Boa tarde, belo poema com sabor a romã do amor com os seus bagos vermelhos e suculentos,adorei ler "todo este sonho lúdico sonhado".
    Obrigado por partilhar a beleza e a doçura do seu poema.
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada AG, pela leitura e comentário tão gentil. Bjs

      Excluir
  9. Belo e bom demáis, meiga da alma querida, grande poeta.
    Tenho a fortuna de poder lir você na rede literaria que compartilhamos, e nunca canso-me de relir você.
    Felicidades, preciosa. Es un blog magnifico. Te quiero muchos. Besos y abrazos desde España. Parabéns! - Nievi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Êita Nieves, que alegria é para mim tua presença tão gentil e suave em meu blog. Beijos queria maga.

      Excluir

Agradeço sua visita, leitura e comentário. É um prazer tê-lo em Sons do Coração. (Edith Lobato)